John e Honey

Quem conta: julianacasemiro
Conta mais: palavras gentis são como mel – grudam na alma.

Moramos em um apartamento antigo, com um proprietário muito senhorzinho, que nunca vimos. O cara faz-tudo dele, John, é o mesmo da vida toda. Tivemos dois problemas e, antes de vir já pra arrumar, John fez uma visita pra entender o que precisaria de ferramentas etc. Ele é super figura.

O que mais me fascinava até então é que ele tem uns 70 anos e, nitidamente, tem Parkinson. Soa como ironia, mas o trabalho dele é impecável.

Era uma segunda-feira, quando ele me ligou pra liberar a entrada no prédio – e usou o plural:
– Chegamos.

Ao sair do elevador, a primeira pessoa que vi foi um homem enorme com um plástico gigante, desses de cobrir móveis. Olhei pra ele e pro John, tipo “venham”. Mas, não. Não era o cara que o acompanhava. Atrás veio uma senhora super gata, cabelo branco longo num rabo de cavalo e roupa esporte. Ele a apresentou pelo nome, mas depois se chamaram de “honey”. É a esposa do John.

Não entendi muito bem a situação, até chegarmos em casa e ele apresentar pra ela um dos problemas: “Esse é perfeito pra você resolver, honey.” Ali, ela começou a separar as ferramentas e trabalhar.

Fim.

*Honey, em inglês, significa “mel”. Quando usado para chamar alguém, significa querida(o). <3

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star