Em Bebedouro

Quem conta: kimberlysouza
Conta mais: a vida acontece aos poucos.

Trabalhava em um jornal e vivia com pressa. Um dia, cortando caminho pela praça da Prefeitura de Bebedouro, minha cidade, no interior de São Paulo, um homem começou a andar bem do meu lado, se aproximado cada vez mais até acompanhar meu passo apressado.
– Pra quê essa pressa, moça?!
Foi o que disse o homem de camisa verde, enquanto eu ficava imaginando se ele ia me assaltar e estuprar.

Mas, logo ele seguiu por um caminho diferente do meu, me fazendo pensar: por que estou com pressa mesmo?

Nunca mais o vi, não sei seu nome, mas percebi que a intenção dele era quase obra do destino: me fazer pensar e desacelerar, curtir mais as pequenezas da vida. Internamente agradeci aquela abordagem numa tarde de terça-feira e, no fim das contas, o cara se tornou quase que uma lição de vida pra mim e nem sabe. Ou sabe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star