A Declaração

Quem conta: mariannacrispim
Conta mais: das coisas que aparecem na nossa frente “do nada”.

Estava indo do metrô ao trabalho, fazendo a minha agradável caminhada matinal no meio de árvores e com pássaros cantando…

Sou daquelas que se incomoda muito em ver lixo no chão! Quando vejo, eu ‘cato’ e jogo no lixo mais próximo. Nesse dia, me deparei com 1/4 de uma folha de caderno dobrada ao meio, o que parecia ser somente um pedaço de papel bem ali no chão, jogada exatamente no lugar onde eu inevitavelmente iria passar.

A ideia inicial era apenas pegar o tal papel e jogá-lo no lixo, que estava logo ao lado, mas resolvi reparar se havia algo escrito ali. Então, peguei o papel, que agora em minhas mãos já não era somente um simples pedaço de folha de caderno, mas sim uma singela declaração que diz: “Acho que estou gostando de você. Mas não sei o porquê. Às vezes penso que é pelo seu jeito : ) Mas você é cheia de defeitos. Me diz o por quê? E eu vou entender. Bárbara”.

Li a breve cartinha, ri interna e externamente e fiquei pensando: a quem se destinava aquilo? Será que a pessoa a recebeu e deixou sem querer cair no chão? Na verdade, não vou saber responder a essas perguntas, mas em mim ficou uma sensação boa que surge dos ‘escritos’ sinceros que fazemos a quem queremos bem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star