O Leite

Quem conta: reginamatos
Conta mais: não é à toa que emoção rima com coração.

Estava parada no semáforo em uma noite fria de São Paulo. Um homem se dirigiu ao meu carro com suas vestes surradas e pouca proteção para o frio que fazia.

Em suas mãos, apenas uma flanela (que limparia meu vidro). Sinalizei que não queria e ele pediu uma moeda. Eu não tinha. Nunca tenho. Sem pensar muito, me voltei para a sacola de pequenas compras que fiz e lhe dei uma caixa de leite.

O homem ergueu aquela caixa de leite aos céus, como se fosse um troféu! Voltou para a calçada, o farol abriu e eu segui aquecida pela emoção que vivi naquele dia tão frio.

2 replies to “O Leite

  1. Realmente essas situações marcam muito. Vivi uma parecida a algum tempo. Estava um dia frio e eu sempre ando muito agasalhada por que sou muito friorenta (rsss). Um menino com apenas uma camiseta rasgada pedia dinheiro na rua e eu estava sem nada, apenas com cartão, me senti a pior pessoa naquele momento por não poder ajudar…. Ao abaixar minha cabeça vi o agasalho em mim. Sem pensar duas vezes tirei a blusa e entreguei a ele. Ele não acreditou e ainda me perguntou, vc não vai ficar com frio? Eu disse não. Ele vestiu rapidamente e ficou passando a mão na blusa para esquentar mais rápido. Fui trabalhar, cheguei em casa só a noite e juro nunca me senti tão aquecida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star