O Avô

Quem conta: saralima
Conta mais: das melhores lições que a vida traz.

Era um domingo normal, com a família na sala, mexendo no celular… até que minha mãe recebe um telefonema da minha tia gritando:
– Nosso pai está morrendo!
O chão faltou por alguns segundos.

Eu sabia que deveria acalmar minha mãe, mas não conseguia nem acalmar a mim mesma. A sensação de tempo perdido e irrecuperável era devastadora. Fomos correndo para a casa da minha avó. Meu avô já estava sendo levado para o hospital. No fim do dia, ele estava em casa. Me dando dinheiro escondido. Se recusando a receber ordens. Ficando quieto na rede. Sendo ele e… VIVO!

Em meio a tanta correria, tantos projetos pessoais, tanta vontade de crescer profissionalmente, a gente acaba passando por cima do irrecuperável, da melhor parte da vida e do que realmente importa. Não perdi o meu avô e, somado a isso, ganhei uma nota mental que desperta todos os dias: a vida é um instante, é agora, é um sopro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star