A Carta

Quem conta: emy
Conta mais: é preciso espalhar amor.

Esta é uma carta de agradecimento e um desejo, uma necessidade descontrolada de aliviar meu coração.

Tentando lidar com os meus sentimentos, decidi me dar o direito de algumas coisas e não me deixar ser tomada pela raiva.

Tem sido difícil.
A dor é um sujeito difícil de enganar.
Essa “vaca” tem o seu próprio tempo e desejo. Então, a convidei para sentar-se comigo por um tempo…
Em sua estadia, e considerando a minha intenção em não estar ressentida, eu percebi que ela era “A” prova viva de como eu estava sendo sincera com os meus próprios sentimentos.

Então… eu encontrei a gratidão.

Obrigada por me deixar me apaixonar de uma forma que eu nunca soube que eu faria, tão gentil e atenciosa.
Eu não sabia que eu era capaz de fazer loucuras de amor.

Obrigada.
Através de você, me encantei comigo, com meu proprio eu.

Talvez não seja o momento certo.

Talvez eu não seja a pessoa certa.

Talvez você tinha me feito para outro você.

Ouvir as suas músicas… elas já não me machucam mais; é um prazer e elas me fazem sorrir.

Talvez exista um momento para algo sem fim.

Esta é uma carta de amor sobre como alguém pode fazer você se apaixonar… por si mesma.
Soa estranho… eu sei!

Espero que um dia eu seja capaz de dizer tudo isso em uma legenda simples como: “Para as pequenas criaturas como nós, a vastidão é suportável somente através do amor”.

Este é o meu depoimento sobre como o amor transforma tudo (até mesmo a dor) em gratidão.

Foi amor que eu tive e com amor retribuirei.

2 replies to “A Carta

  1. Querida Emy, queria dizer que existem por ai muitos amores que embora tenham tempo limitado e doam bastante ao irem embora, podem mais frequentemente do que nós pensamos nos fazer mais nós mesmos… você encontrou uma forma muito linda de contar isso. gratidão!

    1. Eu realmente mandei a carta.
      E estava doendo tanto, recente e foi tão traumático…

      Mas me recusei a sentir raiva.

      Foi um bálsamo.

      Não foi porque eu não era o bastante.
      Não foi por algo que eu tenha feito ou não.

      E nessa reflexão, percebi o quão incrível foi essa história de amor.
      E como eu tinha me transformado em uma pessoa muito mais incrível.

      Obrigada!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star