Débora

Quem conta: amandagomes
Conta mais: quando a gente menos espera, surge um motivo pra sorrir.

Levei minha filha de 1 ano e 9 meses pra brincar nas ruas do nosso condomínio e, sem esperar, conhecemos a doce e simpática Débora, de 7 anos.

Vi que outras meninas da idade dela brincavam no parquinho a alguns metros de distância e perguntei a ela por que não ia brincar com elas. Ela me contou, sempre expressiva e sorridente, que uma das meninas “proibiu” que ela entrasse no grupo (a Débora é nova no condominio, está ajeitando as coisas no apartamento para se mudar com a familia em breve para cá).

Ficamos naquela tarde a conversar, rir da vida, de coisas simples, das palavras que minha filha fala na linguagem de bebê. Eu não precisei fazer esforço algum para que uma amizade espontânea e pura nascesse ali entre nos três: eu, minha filha e nossa nova vizinha, Débora.

Ela me contou a história de sua família e em muitos momentos eu me emocionei. Quanta sabedoria em uma menina de apenas 7 anos… quanta riqueza eu pude vivenciar numa tarde tão comum! Gratidão a essa pequena grande amiga que já ganhou meu coração!

Eu disse a ela que aquelas meninas não sabem a grande oportunidade que estão perdendo de conhecer alguém tão especial! A Débora foi um presente para nós. Uma alegria inesperada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star