A Maior Lição

Quem conta: julianacasemiro
Conta mais: o que importa é aprender a fazer bem feito.

Eu tive uma infância terrivelmente tímida e sofri muito por isso. Poderia prolongar em muitas linhas essa história só pra justificar o quanto isso ainda reflete em mim – mesmo já tendo melhorado muito e me sentindo mais leve com tudo.

A maior dificuldade que ainda carrego é no início de qualquer conversa, quando deve partir de mim. Aprender a sorrir foi e ainda é uma grande lição. Parece besteira, mas a verdade é que, pra quem sofre de timidez, não ter o sorriso retrubuído pode gerar um incômodo enorme. A vontade é de se tornar invisível.

Pra minha sorte, tenho feito isso com toda facilidade e – sorrindo agora – consigo me lembrar de vários momentos em que me sorriram de volta. Um que marcou muito esse ano foi em uma viagem a trabalho, em uma cidade pequena, onde a ideia era ficar 2 noites.

Eram muitas pessoas e empresas locais envolvidas e, dentre algumas responsabilidades, eu fiquei de olho na equipe de limpeza. E eu tenho uma tendência a querer fazer amizade com essa turma, depois de muito ouvir o quanto se consideram/sentem “invisíveis” em seus locais de trabalho.

Naturalmente, quebrei o gelo o mais rápido que consegui e, ironias do destino, precisei ficar mais dias na cidade. Nossa convivência gerou histórias maravilhosas. Daquelas pessoas que só conhecem a cidade que moram e apreciam tudo aquilo que conseguem ver, porque aprenderam a enxergar. Mas o mais lindo de tudo foi o que uma delas me disse, quando eu perguntei se ela tinha um grande sonho:
– Olha, Juliana, eu já realizei muita coisa. Sou casada, amo meu marido, tenho 2 filhos. A vida é trabalho duro, mas o que a gente precisa é aprender a sorrir!

Ali, fiz uma amiga e virei fã. Sônia era bonita como seu coração.

No fim do nosso trabalho, as 3 moças queridas da equipe de limpeza vieram perguntar se podiam ir embora. Eu disse que só depois de um abraço. Os olhares delas e os meus brilharam não só de carinho. Elas me ensinaram que só é invisível quem não sorri. : )

2 replies to “A Maior Lição

  1. Amei a história Jujú! Como diria Machado de Assis: “Os adjetivos passam e os substantivos ficam! O que é essência “fica” e o que caracteriza o outro nunca permanece da mesma forma, nunca fica estático… ainda bem que nós tímidos nos temos por aqui rs bjs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star