Na Espera

Quem conta: cristianesoliver
Conta mais: era mais um dia na espera no hospital.

Lá estava eu no hospital esperando minha medicação, quando me deparo com umas das cenas mais lindas de amor.

Um paciente, bem na minha frente, estava em observação enquanto sua esposa lhe acompanhava. Após uns dez minutos, ela e chegou sua filha. Ela deu vários beijos no pai e disse alguma coisa que eu não escutei, mas na mesma hora o semblante dele melhorou. Ele soltou um sorriso e sua esposa, muito emocionada, levou sua filha embora.

Na mesma hora eu percebi o quanto é importante o amor. Ele muda semblantes, dá tranquilidade e acalma corações.

Logo após a menina ter saído, seu pai adormeceu e ficou sereno. Olhei do meu lado e estava minha mãe impaciente porque demoravam para me medicar. Entendi ali o quanto ela me amava e não queria me ver sofrer. Cada um demonstra de uma forma – uns mais afetuosos e outros mais desengonçados.

Para uns o amor é sereno, para outros é apoio. O que eu posso falar da minha sexta-feira à noite é que, apesar de todas as minhas dores, o amor me medicou.

2 replies to “Na Espera

  1. Ohhh!!! cristianesoliver…
    O amor: santo remédio!
    Essa linda história me fez lembrar uma canção de Ivan Lins, Iluminados…
    “O amor tem feito coisas
    Que até mesmo Deus duvida
    Já curou desenganados
    Já fechou tanta ferida”.

    Amor e gratidão caminham juntos! <3 <3

    Abraços para você!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star