A Carta de Motorista

Quem conta: camilagonçalves
Conta mais: era um segredo e terminou em algo que queria contar pra todo mundo.

Numa quarta-feira de 2010, acordei cedo pra fazer o teste prático de direção. Ninguém sabia que eu o faria, nem sequer que eu estava tentando ser motorista, por isso, mantive segredo sobre o meu destino naquela manhã.

Já havia tentando cinco anos antes mas, ao invés da carta, consegui um certo trauma de dirigir.

Fui pegar o ônibus. Como não sabia ao certo onde era o local, perguntei ao motorista se aquele ônibus passava próximo do destino. Ele disse que sim e subi. Pedi a ele que me informasse o local onde deveria descer. Ele, muito solícito, me garantiu que avisaria. Durante o longo trajeto, ele puxou assunto, me deu conselhos, me tranquilizou… e, ao se aproximar do meu ponto, me disse:
– Boa sorte, minha filha, em breve vamos nos encontrar pelas ruas da cidade.

Ao me levantar, todos os passageiros do ônibus começaram a me desejar boa sorte e dizer: “Fique calma, você consegue!”, “Vai com Deus!”, “Confia!”. Saí do ônibus em êxtase! Aquela situação nunca antes imaginada me fez ganhar o dia e acreditar que dessa vez eu conseguiria minha tão sonhada carteira de motorista. E deu certo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star