Na Livraria

Quem conta: danieleabreu
Conta mais: não era nesse dia que eu esperava receber esse tipo de elogio.

Havia terminado uma longa conversa com uma amiga numa livraria de Aracaju. Me levantei e, quando estava indo embora, um senhor veio correndo atrás de nós.

Pediu licença e começou a falar que havia aprendido com a vida que devemos fazer o que temos vontade e, principalmente, falar o que estamos sentindo:
– E por que não dizer que você é uma das mulheres mais lindas que eu já conheci, talvez a mulher mais linda da cidade? Nao só pela aparência, mas pela forma de falar, de sorrir, de gesticular… pelo conjunto!

Nao foi uma cantada. Ele era um senhor me falando com um dos sorrisos mais sinceros que já vi. Ele estava feliz em me dizer isso e continuou:
– Você pode guardar pra você ou jogar fora, mas eu precisava te falar.

Eu agradeci e fiquei com muita vergonha, mas seu elogio sincero e desprentecioso iluminou meu dia. Resolvi guardar suas palavras e vou sorrir toda vez que lembrar deste momento.

PS: Eu estava sem maquiagem, com o cabelo ao natural e me sentindo bem sem graça. Acho que sempre que me sentir assim, vou me lembrar dele! ;)

2 replies to “Na Livraria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star