Na Oficina

Quem conta: julianacapella
Conta mais: a sensação é que ele sabia mais sobre mim do que eu mesma.

Julio Canas Gonzales, cubano, estava completando 30 anos. Destes, foram 2 aprendendo a andar, 2 aprendendo a falar e uns 4 a ler, escrever e realizar algumas operações matemáticas. Somavam 20 anos aprendendo a ser profissional, ecologicamente correto e, claro, emocionalmente estável. Tinha uma lembrança vaga do segundo ano de vida: apanhou da professora do primário porque espiou alguma outra criança por baixo da porta do banheiro. 22 anos mais tarde saberia que na mesma sala estava o amor verdadeiro. Ela não soube.

“São 30 anos aprendendo a ser gente. Pra quê, se nos tratam como cachorros?” – pensou em espanhol, no fundo da sua oficina mecânica, em Praha 7, a 8341 km de Havana.
– Numa cidade onde os bairros têm números e os apartamentos têm nomes, a gente nunca sabe onde vai parar.
E foi assim que Julio se encontrava, como eu, numa garagem de uma construção inacabada no subúrbio da capital da República Tcheca, ao lado de uma sala de ensaio e um depósito de chá.

Se você procura por endereços que não estão onde deveriam estar, acaba por encontrar pessoas que sabem mais de você do que você mesmo. Sabem, por exemplo, onde você se encontra.
Assim eu conhecia Julio e ele a mim.
– Em Cuba, os chás e as peças de carro raramente estão no mesmo lugar. Nem os chás e teatros. Dizia ele, rindo, sem saber o que fazer dos seus 30 anos, do outro lado do mundo:
– É que quando não se tem nada a perder, é hora de se perder por aí! A gente só não perde as sensações. Só se puser no papel.

Julio encontrava tudo: os defeitos nos carros dos tchecos, as lojas de comida, encontrava parafusos na neve de inverno. Teria encontrado o amor, não fosse por aquela menina distraída. Encontrou emprego, encontrou amigos, encontrou o próximo no estrangeiro.

Existe uma folha de rascunho perdida em Hala 30, num endereço que eu nunca encontrei.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
close-alt close collapse comment ellipsis expand gallery heart lock menu next pinned previous reply search share star